Sensibilidade na ponta dos dedos

A RelataSoft celebra o 8 de Março

815 0
Compartilhe:

Somos uma empresa que vive de Democracia e trabalha para a Democracia usando, entre outras, ferramentas digitais: reconheçamos a contribuição das mulheres!

Era tempo da terrível primeira guerra mundial. Os homens se matavam aos milhões. Em casa, ou no front, como parte do corpo de enfermagem, as mulheres sofriam brutalmente e viam a enorme dor por que passavam seus filhos.

Foi nesse contexto que surgiu o dia internacional da mulher. Um dia que em que luto e luta se misturavam. Hoje uma terceira emoção entra em jogo: a gratidão. Luto, luta e gratidão.

O movimento das mulheres foi o que de melhor a humanidade como um todo produziu ante as trevas masculinas da guerra. A guerra, na escala mundial, era a prova do fracasso do antigo modelo de masculinidade patrimonial, territorial, geracional.

As mulheres, mais que somente se levantar, entreabriram as portas de uma nova era para toda a humanidade. Se é certo que a humanidade ainda luta e reluta para não atravessar a porta que as mulheres começaram a entreabrir desde a a primeira grande guerra, é correto também dizer que já há muita gente grata por pelo menos poder enxergar uma réstia de Luz.

Paz, e Plenitude, só com Amor. Gratidão, mulheres. O dia é de vocês, mas é, também, um dia para toda a humanidade pensar e agradecer. Pode não ser ainda tempo de festa. Mas, graças, entre outros fatores, ao esforço feminino, já é tempo de esperança. Luto, Luta e Gratidão.

Brasília, 8 de março de 2019,

Mauro Leonardo Cunha – presidente@relatasoft.com.br

Compartilhe:

Related Post

Responsabilidade Social

Posted by - 18 de maio de 2020 0
A RelataSoft acolhe clientes probono durante a pandemia da Covid-19. A parceria com o https://suasaudecomamor.com.br é um passo de carinho…

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *